Contactos

Consultas na Parede.

Eventos em todo o País.

​​

Tel: 351 964223490

nuno@nunogoncalohenriques.com

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Logo Encontro da Tribo low

© 2017 by Nuno Gonçalo Henriques. todos os direitos reservados

Como me mudo para não me deixar afectar pelas energias negativas dos outros? (parte 2)

September 4, 2018

Em continuação à nota anterior "Como me mudo para não me deixar afectar pelas energias negativas dos outros? (parte 1)"…..

 

Se pensas que estás na sala com alguém que te incomoda, lembra-te que nada disso é real, tu estás a imaginar que estás na sala com alguém, pois é a nossa experiência da realidade. Empiricamente não é real, é apenas um símbolo da realidade que nós estamos a criar para nós, para ser a nossa experiência de nós mesmos. Só por que parece que alguém está na "sala contigo", Eles não estão!

Essas pessoas estão dentro das suas próprias salas, talvez com a versão delas de ti ;)

 

A questão é: quem é que tu preferes que esteja na tua sala? O que é que tu queres que aconteça na tua sala? Porque só tu é que estás lá dentro, independentemente do que parece ser, tu és o único que estás lá dentro. Se souberem o que é a série do Star Trek, pode ajudar, pois nessa série existia um sala de hologramas onde eles vivam o que gostavam de viver, nessa sala todas as outras pessoas eram hologramas. Nós vivemos algo do género. Compreendem? Durante algum tempo eu dizia que apenas percebia intelectualmente, hoje adoro esse comentário, pois quando dizemos que "compreendo apenas intelectualmente ou racionalmente", é uma outra maneira de dizer que "não sei se quero mesmo entender o que tu estás dizer", é uma maneira de deitar fora essa ideia, porque na realidade nós sabemos exactamente o que estou a dizer, no fundo do nosso coração, no fundo da nossa alma sabemos exactamente, mas fomos ensinados a ter medo de ver de muito perto a nossa profundidade.

Nós temos medo de ver de perto e lidar com este conceito porque fomos ensinados a ter medo e a pensar que o que as pessoas estão a dizer sobre nós, pode mesmo ser verdade.

E como isso seria horrível!

Se olharmos muito fundo, temos medo que seja mesmo verdade e se for verdade como é que nós seremos? o que podemos fazer? onde estaremos como pessoas?

Mas a verdade é que essa realidade nunca será verdade.

Apenas o que tu decides ser verdade para ti, é verdade.

 

Se vives muito neste mundo que te incomoda a opinião dos outros, provavelmente um dos teus propósitos de vida é aprender o teu valor-próprio vs opiniões dos outros (O principal de todos nós como expliquei na Nota "objectivo/propósito de vida" é viver com prazer, com entusiasmo).

A questão é: Vais acreditar na verdade que és tu? ou vais acreditar na verdade que é de outra pessoa, que não tem nada haver contigo? qual preferes?

Se escolhes viver a tua verdade, parabéns, serás muito mais livre, mas como tudo é um processo, se te sentires numa ocasião futura outra vez a ter medo da opinião de alguém, ou a reagires emocionalmente ao que outra pessoa está a dizer sobre ti, compreende que é outra oportunidade para voltares a sentir o teu valor próprio e voltares a creditar em ti mesmo, aceita e fica grato por isso mesmo, pela oportunidade. E entende que quando alguém vem ter contigo e diz alguma coisa que parece um ataque à tua pessoa, o que na realidade te estão a dizer é eles tem o mesmo MEDO e estão a projectá-lo em ti e com isso, dão-te a oportunidade de decidir se é verdade para ti e se queres agir de forma a criar um "espaço" em que permites que eles descubram se também querem que esse medo seja verdade para eles mesmos também, fazes isso amando-os de volta e com isso tens a oportunidade de mostrar que também te amas a ti mesmo ainda mais.

 

Só o Amor é real.

 

 

Please reload

Recent Posts

September 18, 2018

Please reload

Adere à minha Mailing List